Coronel Barros encaminha decreto de emergência

0
8

A estiagem que atinge o estado do Rio Grande do Sul preocupa a administração de Coronel Barros, tendo em vista que grande parte do ICMS recebido pelo município vem diretamente da produção agrícola.
Até o último dia 4, dados atualizados da Secretaria de Agricultura e da Emater, apontam para prejuízos estimados em R$ 26 milhões. Somente na cultura da soja a perda na produção é de 50%. Na cadeia leiteira a quebra é de 35%, milho silagem 35% e milho grão em 12%.
Por conta desta situação e do reflexo negativo da falta de chuva, a administração municipal esteve reunida, na última semana, com a Emater, Secretaria de Agricultura, Secretaria de Obras e Secretaria da Saúde, a fim de desenvolver ações que possam diminuir o efeito da estiagem.
A Prefeitura, em parceria com a Emater, trabalha na organização da documentação necessária para decretar emergência no município. Os dados serão encaminhados até esta sexta-feira ao governo do estado para análise.
Já a Secretaria de Saúde providencia campanhas junto à população para o uso racional da água. A pasta da Agricultura atua na abertura de bebedouros no interior do município e a secretaria de Obras concentra as atividades na zona urbana e rural.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui